Marcação de consultas: 08:00 às 12:00 | 13:30 às 17:00 horas

Odontologia e Medicina Assistencial

(31) 3449-8002 ou (31) 3449-8003

Medicina Ocupacional

(31) 3449-8040 ou (31) 3449-8041

Construção civil é tema do primeiro diálogo setorial da CANPAT 2021

Com o tema “Diálogos Setoriais na Construção Civil”, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho realizou, no último dia 23, com mais de 580 participantes online, o primeiro evento da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho – CANPAT 2021,  que contou com a apresentação das inovações na NR-18 e um panorama do setor de construção civil sob o olhar da Inspeção do Trabalho, além da divulgação da CANPAT Construção Civil e a apresentação da calculadora do acidente do trabalho, um aplicativo que mostra o valor que custa cada acidente do trabalho para as empresas. 

A decisão de começar os Diálogos Setoriais pela indústria da construção, segundo o subsecretário de Inspeção do Trabalho (SIT) do Ministério da Economia, Romulo Machado e Silva, se deve à sua relevância para a economia. “É fundamental que, a partir do diálogo e da conscientização, tenhamos uma cultura de prevenção devidamente implementada no setor”, mencionou.

CANPAT Construção e Calculadora do Acidente do Trabalho – Ao destacar a importância da indústria da construção, que emprega mais de 2 milhões de trabalhadores formais, o presidente da Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Fernando Guedes Ferreira Filho, enalteceu a iniciativa. Sobre a CANPAT Construção, realizada desde 2017 em parceria com a SIT, Seconci, Sesi e entidades laborais, informou que a ação de levar a cultura prevencionista para o país já impactou diretamente mais de 30 mil trabalhadores e mais de 1.100 empresas participantes.

Dentre as ações da CPRT já definidas para este ano, citou o VI Encontro Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho na Construção, no dia 21/07, onde será lançada a CANPAT Construção 2021 sobre “Segurança e Saúde no Trabalho: um valor para a construção e para o Brasil”. Na pauta, discussão setorial sobre SST, fiscalização do trabalho e informalidade. Além de um seminário técnico específico sobre NR-18, que será realizado no dia 22/07.

Também serão realizados Diálogos Regionais para discutir a NR-18 e outras NRs de impacto no setor e palestras técnicas sobre o valor da segurança e saúde no trabalho e desenvolvida uma cartilha sobre equipamentos de guindar a ser distribuída a toda a comunidade da construção.

Guedes informou que no dia 07/10, a CPRT/CBIC mobilizará as entidades do setor da construção para participarem do evento da SIT sobre o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas. O objetivo é potencializar a experiência já utilizada pelo Sinduscon de Chapecó junto às escolas, em Santa Catarina, para criar a cultura prevencionista nas crianças.

Comentou, ainda, que a Comissão reforçará a campanha “Não vamos baixar a guarda”, de prevenção à Covid-19, em que o setor incentiva as empresas a distribuírem máscaras faciais para os trabalhadores e seus familiares e orienta sobre a utilização dos protocolos para que as empresas possam trabalhar de forma segura nos canteiros de obras.

Além disso, o executivo apresentou a ferramenta “Construindo Segurança e Saúde”. Por meio dela, o empresário consegue simular custos de acidentes e afastamento do trabalho, especialmente o custo previdenciário, seja pela alteração do Fator Acidentário de Prevenção (FAP) ou por ações regressivas, mostrando o quanto poderia ser economizado com a prevenção.

O dispositivo permite uma melhor compreensão sobre a importância de se prevenir acidentes, além de apresentar informações sobre as normas que regem essas eventualidades.

Inovações da NR-18 e panorama do setor sob o olhar da Inspeção do Trabalho – O auditor-fiscal do Trabalho, Antonio Pereira do Nascimento, da Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo, deu uma visão geral sobre as inovações trazidas pela nova NR-18, com vigência prevista para agosto de 2021. “O texto dá muito mais liberdade para os profissionais de segurança, mas muito mais responsabilidade”, disse, enfatizando a responsabilidade de todos os atores envolvidos para a melhoria do meio ambiente dos trabalhadores.

Já o auditor-fiscal do Trabalho Rubens Patruni, da SRTb/PR, apresentou dados acidentários do setor em 2020. Destacou que, em 2019, as principais causas de óbitos na indústria da construção foram referentes ao aprisionamento, queda, impacto e choque elétrico. Sobre as maiores autuações da fiscalização, em 2020, apontou a proteção coletiva contra queda, o sistema GR em andaimes, a abertura de piso e o treinamento.

Sobre o Gerenciamento dos Riscos Ocupacionais de terceiros, destacou que é responsabilidade da contratante garantir as condições de segurança, higiene e salubridade dos trabalhadores, quando o trabalho for realizado em suas dependências ou loca previamente convencionado em contrato. Reforçou ainda a importância da observância à NR-18.

Próximos eventos da CANPAT 2021

07/07 – Acidentes do Trabalho

26/07 – Aulão sobre Programa de Gerenciamento de Risco – PGR

07/10 – Dia Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho nas Escolas

Todos os eventos da campanha estão à disposição dos interessados no canal da ENAT no YouTube. Assista e confira!

(Fonte: Agência CBIC)

Nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site (por meio de análise). Por favor, consulte nossa página Política de privacidade para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Cookie configurações

Abaixo, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalíticoNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de a.o. a usabilidade.

Mídia SocialNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutroNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.