Marcação de consultas: 08:00 às 12:00 | 13:30 às 17:00 horas

Odontologia e Medicina Assistencial

(31) 3449-8002 ou (31) 3449-8003

Medicina Ocupacional

(31) 3449-8040 ou (31) 3449-8041

Supervisora do Seconci-MG ministra palestra para participantes do Projeto Enfrentar Construção Civil do SEBRAE

Totalmente on-line, o Projeto Enfrentar Construção Civil é desenvolvido pelo SEBRAE em parceria com a CBIC, o Seconci Brasil, o Seconci-SP, o Sinduscon-SP e o Sebrae Sorocaba. A iniciativa tem como objetivo apresentar soluções de gestão direcionadas principalmente para os empresários da construção civil e, na semana de 07 a 11 de junho, promoveu cinco dias de capacitação, além de disponibilizar mais duas horas de consultoria personalizada, sobre conteúdos que contribuem para melhorar os resultados da organização.

O evento contemplou temas como Inove nas vendas! – Networking e criação de rede de contatos (07/06); Proteja o Caixa da sua empresa e Conheça o Crédito certo para o seu negócio (08/08); Negociação e Planejamento Trabalhista (09/06) e Como configurar Google meu negócio e como anunciar no Facebook e Instagram (11/06). Na última quinta-feira, 10 de junho, a Supervisora do Departamento de Segurança do Trabalho do Seconci-MG, Andreia Darmstadter, colaborou na programação das palestras a convite da CBIC. A engenheira discorreu sobre a Nova NR18 (Condições de Segurança e Saúde no Trabalho na Indústria da Construção). Em sua exposição, Andreia abordou as principais alterações nas Normas Regulamentadoras, com ênfase na NR18, cujo novo texto entra em vigor em agosto próximo, implicando em mais responsabilidade para os profissionais da área legalmente habilitados. O novo modelo fortalece os requisitos para a gestão da segurança, deixando de ser apenas um instrumento de aplicação e vinculando a necessidade da identificação de perigos e avaliação de riscos.

A especialista em segurança do trabalho, que participou ativamente do processo revisional das NRs representando a bancada patronal, destacou alguns dos pontos alterados. Mostrou que o resultado trouxe textos mais modernos, desburocratizados, com regras mais claras e objetivas, porém foram mantidos os princípios e aprimoradas as práticas de segurança e saúde no trabalho.